FRETE GRÁTIS A PARTIR DE R$199 ūüöÄ

0

Seu carrinho est√° vazio

Mais do que desinchar, precisamos desinflamar ūüĒ•

por Nicole Vendramini março 19, 2020

Mais do que desinchar, precisamos desinflamar ūüĒ•

Mais do que desinchar, precisamos desinflamar!

A gente v√™ muuuuita gente reclamando de incha√ßo ‚Äď que √©, sim, muito chato e inc√īmodo. Mas j√° parou pra pensar que algo ainda maior pode estar acontecendo dentro do seu corpo? E √© mais f√°cil olhar/tratar essa inflama√ß√£o para ver sua sa√ļde melhorar de modo geral? Bom, a gente fez um post no insta sobre e o assunto e percebemos que muita gente se ligou no tema. Por isso, resolvemos trazer pra c√° e estender esse papo!¬†

H√° uma coisa que n√£o √© muito falada: a inflama√ß√£o √© a causa raiz de muitas doen√ßas. √Č natural, sim, porque √© um mecanismo que o nosso corpo usa pra avisar que tem algo errado. Tipo a febre, sabe? Que √© um alerta do seu corpo te dizendo "ei, temos um problema!". Mas o que a gente quer falar aqui √© sobre um quadro geral que todas n√≥s estamos vivendo hoje: uma inflama√ß√£o cr√īnica, que nunca passa, gra√ßas a uma rotina atribulada, desequil√≠brio alimentar e estresse. Fala a verdade: tem algu√©m a√≠ que vive numa cidade grande e t√° super equilibrada?¬†

 

Na vis√£o da Ayurveda, a inflama√ß√£o √© representada por um fogo no corpo. E normalmente √© na nossa flora intestinal que o f√≥sforo acende! E isso pode se manifestar em forma de dores articulares, quest√Ķes de pele (tipo a acne) e febre mesmo. Agora aten√ß√£o: como falamos ali em cima, nossa flora intestinal √© chave: mais de 2/3 dos nossos linf√≥citos (c√©lulas de defesa do organismo) s√£o encontrados no revestimento/parede do intestino delgado. Por isso, a sa√ļde do nosso intestino tem impacto na nossa nutri√ß√£o(por causa da capacidade do corpo de absor√ß√£o de nutrientes), alergias, pele, resposta imunol√≥gica, metabolismo, sono e humor.

Outro ponto importante √© relacionarmos o c√©rebro com a flora intestinal. Siiim, estamos falando do seu emocional, do estresse mesmo, e a sua digest√£o! Eles t√™m rela√ß√£o direta. Sabe quando uma pessoa passa por situa√ß√Ķes em que fica nervosa e tem gastrite? √Č real! Nossa cabe√ßa afeta diretamente todo esse ambiente. E o contr√°rio tamb√©m: se comermos bem e mantermos esse contexto saud√°vel, ajudamos o nosso c√©rebro a funcionar melhor ‚Äď mem√≥ria, aten√ß√£o e ‚Äúdisposi√ß√£o‚ÄĚ mental j√° est√£o associadas √† sa√ļde do intestino. Por isso o estresse pode ser t√£o nocivo.

 

 

 Agora vamos fazer um resumo aqui de coisas diretamente relacionadas à inflamação do seu corpo: 

Medicamentos: principalmente antibióticos, que matam TUDO, o que é bom e o que é ruim;

Na alimenta√ß√£o: excesso de a√ß√ļcar, √°lcool, produtos refinados e industrializados, gordura saturada;

Estresse: literalmente pode oxidar nossas células;

Falta de sono e espaços ao longo do dia para digerir acontecimentos (a gente não dá bola, mas é muito importante, sim!): o corpo não tem tempo de entrar no estado de "descansar e digerir" e fica constantemente no estado "lutar ou fugir".

 

 

 

Ok, entendido. Ent√£o o que fazer para cuidar da inflama√ß√£o do nosso corpo? Nossa holischica e expert em sa√ļde &¬†nutri√ß√£o ayurv√©dica¬†Nicole preparou algumas dicas:¬†

Alimenta√ß√£o: c√ļrcuma (considerado um dos anti-inflamat√≥rios naturais mais potentes!) ‚Äď vem dar uma olhadinha no nosso Golden Mix ‚Äď , gengibre, especiarias e ervas em geral, alimentos em formato cremoso, cozidos lentamente (f√°ceis de digerir, usam menos energia e deixam o corpo ‚Äúdescansar‚ÄĚ mais de acordo com a Ayurveda), folhas verde-escuro e vegetais em geral.

 

 

Respira√ß√£o: respirar fundo e expirar lentamente. Al√©m de levar o corpo a um estado de calma natural, mimetizando uma situa√ß√£o de digest√£o verdadeira, quando exalamos estamos liberando di√≥xido de carbono, ent√£o estamos liberando acidez em forma de √°cido carb√īnico! Aprendemos esse conceito com o autor Alejandro Junger, do livro Clean 7, e achamos que faz total sentido.

Sono: PRECISAMOS deixar o corpo fazer seu trabalho. Ele sempre vai buscar a homeostase, o equilíbrio, então às vezes não fazer nada é a melhor coisa que podemos fazer por ele. O jejum e alimentos cozidos/líquidos como ferramenta nestes casos parte do princípio de guardar energia pra deixar o corpo trabalhar nessa inflamação (e não em digerir).

 

 

Anotou? Ent√£o bora repensar nossa rotina atrav√©s de um olhar integrado. Porque a gente acredita que voc√™ cuida da sa√ļde at√© mesmo quando escolhe n√£o fazer nada (descanso √© necess√°rio!).